domingo, 19 de outubro de 2014

Maravilhoso.......porque BONITO é pouco!

A viagem inaugural desse blog não poderia ser num lugar mais especial......BONITO !!!! Uma cidade com esse nome, poderia  deixar muitos viajantes frustrados, aumentado a expectativa de quem reserva alguns dias para conhecer o local, mas não é isso o que acontece. Se alguém achar que esse lugar não faz jus ao nome, com certeza é porque bonito é pouco para descrevê-lo!

A dupla que procura viajar para um lugar paradisíaco e com um imenso contato com a natureza, não vai se arrepender! Bonito foge do convencional!

Quando queremos relaxar, logo pensamos naquela viagem à beira mar, com coqueiros e um mar azul piscina, mas é isso que torna Bonito ainda mais especial, lá não tem mar e nem coqueiros, mas uma enorme variedade de passeios que vai deixar qualquer dupla completamente maravilhada!


Esse roteiro foi planejado para um feriadão (3dias), levando em consideração os principais passeios de Bonito: gruta, flutuação e cachoeira. Quem vai a Bonito pela primeira vez, tem que fazer pelo menos um passeio de cada uma dessas modalidades!

Algumas duplas podem pensar que em um lugar tão bonito quanto esse, 3 dias é muito pouco. Realmente, a quantidade de passeios e a beleza do lugar faz com que a gente queira passar muito mais do que isso, mas o bom de passar pouco tempo é que a gente sai de lá querendo programar a próxima volta :)

Percebo que muita gente fica adiando a viagem para Bonito, pois acha que vai ser preciso tirar férias ou acontecer um mega feriadão para valer a pena ir pra tão longe! Acreditem, se você tem uma sexta ou segunda-feira livre é possível ir pra Bonito e emendar com o final de semana, duvido que se arrependam ;)

Vamos ao ROTEIRO:


1º dia
Saí do Rio de Janeiro na quinta-feira a tarde e parti para Campo Grande- MS. A viagem é cansativa, pois é necessário fazer conexão e, no meu caso, fiz em Brasília. Cheguei em Campo Grande a noite e meu namorado lindo me levou para jantar em um restaurante chamado Cantina Masseria, onde comemos o prato da boa lembrança (aquele que a gente leva um prato de cerâmica de souvenir).
Após uma noite de descanso, partimos logo cedo para Bonito, que fica a 300 km.

Para quem quiser ir direto para Bonito, existe aeroporto na cidade! Fomos de carro, pq dá mais liberdade para fazer os passeios. Além disso, tive a oportunidade de conhecer um pouco de Campo Grande e achei a cidade bem organizada! Para quem vai de avião até Bonito é possível pagar um valor pelo transporte para os passeios ou alugar carro.

Bom, como demoramos um pouco a sair de casa e ainda tivemos que parar no posto de gasolina, acabamos chegando atrasados para o primeiro passeio: a gruta de São Miguel e tivemos que cancelá-lo :(

A viagem dura em média 3 horas e precisávamos passar na agência para pegar os vouchers dos passeios e pagar o valor restante. Fechamos os passeios por telefone com a própria agência do hotel em que nos hospedamos. A agência é a Crisval, que fica dentro do Eco resort Zagaia, mas também possui uma agência na rua principal.

Sinceramente, acredito que pouco importa a agência que vocês vão fechar os passeios, porque os preços são tabelados na alta e baixa temporada (a planilha com os valores pode ser conferida na guia de destinos desse blog). Só recomendo reservar os passeios com antecedência para conseguirem os melhores horários.

Já que o primeiro passeio não deu certo, fizemos o check in no hotel e fomos para o próximo passeio: a Gruta Azul ! A visita é guiada, como todos os demais passeios de Bonito e a gruta surpreende pela beleza da cor da água! Tivemos uma certa dificuldade para conseguir tirar fotos no local, já que a gruta não tem boa iluminação e o flash da máquina simplesmente transforma a foto em um imenso breu. Assim, recomendo fotos sem flash e máquinas devidamente reguladas, para que as fotos sem flash não saiam tremidas.
Gruta Azul - dispensa comentários

O passeio é rápido e logo depois fomos almoçar na Casa do João, um restaurante rústico, bem simpático, com comida simples, mas de um paladar nota 10! O espaço do restaurante é ótimo e conta com uma loja de artesanato e lembranças do lugar. Fica próximo à praça principal da cidade.
Ambiente aconchegante


Ambiente rústico e loja de souvenir




Petit Gateau de Nutella














Depois disso, tudo que queríamos era aproveitar o hotel! Como pegamos em excelente hotel (Eco Resort Zagaia), optamos por passar o resto do dia fazendo jus a diária rsrsrs e descansando da viagem. A estrutura do hotel é maravilhosa, assim como o buffet do café da manhã. Só achei que deixou um pouco a desejar no buffet do jantar.


Jacuzzi do Resort
2º dia

O segundo dia foi intenso! Começamos com a flutuação no Rio da Prata, que fica, na verdade, no município de Jardim. Nos preparamos com roupa de neoprene, máscara e snorkel, subimos no "pau-de-arara" que nos levou até o começo da flutuação.

Quadro com o percurso do passeio - Começa à direita, onde tem uns mergulhadores, que vão flutuando até encontrar o Rio da Prata
É simplemente, MA-RA-VI-LHO-SO !!!!! A visibilidade do rio é de 40m e a temperatura de mais ou menos 22 graus! É possível ver pacu, dourado, pintado, entre outros. E quem sabe vocês tenham a sorte, assim como nós, de se deparar com uma anta entrando no rio.
Redário

Energizando na árvore centenária
Bacuri

Pacu

Anta
Rio da Prata


Nascente
Almoço à lenha

Depois do almoço, foi o tempo de trocar de roupa e partir para o Buraco das Araras. Sugiro conjugar esse dois passeios, pois são próximos um do outro e, ao mesmo tempo, afastados de Bonito cerca de 40 km, já no sentido de quem está voltando pra Campo Grande.




  A noite, após o passeio, fomos até a rua principal apreciar a culinária sul mato-grossense e nos deliciamos com o pastel de jacaré. Nossa, que delícia!!!! O preço é salgado, mas vale a pena. Não deixe de experimentar o dois amores tb....é dos deuses !!!!

 











3º dia
Pra terminar essa viagem maravilhosa, deixamos para o último dia o Parque das Cachoeiras. Um passeio que começa às 9:00h e termina por volta de 13:00h (com almoço), ou seja, perfeitamente conjugável com a volta para Campo Grande, já que meu voô só era às 18hs!

Esse passeio é composto por trilhas leves (tablados de madeira com corrimão) e 7 cachoeiras, todas próprias pra banho ! Não precisa de maiores explicações, as fotos já dizem bastante. Não sabia como era passar o dia tomando banho de cachoeira faz muito tempo e nossaaaaaa......como é bom !

Voltei para o Rio com a bateria carregada !!!!! E vcs achando que 3 dias não dava pra fazer muita coisa, né?!? Dava até pra ter feito mais  8-)













Um comentário: